quarta-feira, 5 de maio de 2010

O Grupo de Rap SNJ Acabou !



Em  um  comunicado oficial a todos os fãs atraves do Portal Rap Nacional o Grupo Vêem declarar o fim do SNJ (Somo Nós a Justiçar) em uma Pena um Grupo Tão Talentoso chegar ao  fim 

       COMUNICADO AOS FÃS, PARCEIROS E AMIGOS
Depois de 14 anos de existência, vimos a publico por meio de este comunicado anunciar que estamos encerrando as atividades do grupo SNJ (Somos Nós a Justiça), talvez essa seja apenas uma pausa, mas.. Leia na Integra...

SNJ (sigla de Somos Nós a Justiça) era um grupo de rap de São Paulo, Formado em 1996, a banda passou por diversas formações até chegar na atual, com Bastardo, Cris, Tremolo e W-Jay. O SNJ já lançou quatro álbuns e foi premiada no Hutúz.

O SNJ surgiu em 1996 com uma formação bem diferente da atual: DJ Alex, Boca, Pelé, WF e Sombra. No entanto, a banda não prosperou por motivos familiares e pessoais. No ano seguinte, surgira uma nova formação, com Sombra, DJ Alex e Cabeça. O sucesso foi maior do que o anterior, mas não ao ponto de se estabilizar no cenário nacional. Fez shows com artistas e grupos como RZO, De Menos Crime, Z'África Brasil e Posse Mente Zulu. Sem possuir um DJ fixo após a saída de Alex, o SNJ contou com a ajuda dos DJs Kill e Favela.

Em um show no município de Arujá, Bastardo, integrante do grupo Posse Mente Zulu foi apresentado ao SNJ. O MC interessou-se pela banda e tornou-se o quarto integrante da mesma. Em 1998, veio o primeiro single do grupo chamado "SNJ - A Sigla". W-Jay, ex-RZO chegou para integrar o SNJ, junto com Cris e Tremolo, sendo esta a formação definitiva do grupo. Em 2001, foi lançado o primeiro álbum: "Se tu Lutas, tu Conquistas"; no mesmo ano, a banda foi indicada ao MTV Video Music Brasil na categoria "Melhor videoclipe de rap" com "Viajando na Balada", mas acabou não vencendo. Ainda em 2001, venceu a categoria "Melhor Artista Solo ou Banda" do Prêmio Hutúz.

Em 2003, veio o segundo trabalho oficial do SNJ, o álbum "O Show Deve Continuar", o qual alcançou uma boa crítica, e teve como destaque a faixa-título "Pensamentos". Em 2004, o grupo concorreu em quatro categorias do Hutúz. W-Jay venceu na categoria "Melhor DJ" e "O Show Deve Continuar" foi escolhida como "Música do Ano". O álbum "O Show Deve Continuar" foi indicado em "Álbum do Ano", mas perdeu para "Tarja Preta", de GOG; e a banda como "Grupo ou Artista Solo", onde foi superada por Da Guedes.

No ano seguinte, o terceiro disco veio a ser lançado, intitulado SNJ - DVD e CD Ao Vivo. Como o próprio nome diz, foi gravado ao vivo em um show do mesmo ano. O DVD contém duas faixas-bônus, o clipe da música "Pensamentos", traillers de gravações e fotos. Em 2007, veio o quarto trabalho: A Esperança é o Alimento da Alma, o qual contou com participações de CPM 22 e Edi Rock. No ano posterior, o SNJ foi indicado novamente ao Hutúz, desta vez na categoria "Site de Grupo de Rap", mas acabou perdendo para o de Renegado. O grupo vinha realizando shows atualmente por todo o Brasil e é um dos mais respeitados no cenário do rap nacional. Pena que acabou . Baixém  a Discografia Completa do Grupo abaixo segue os links :                            
      

  A Esperança é o Alimento da Alma




      SNJ -  CD Ao Vivo

  
     

                 O Show Deve Continuar                 
       
  
  Se Tú Lutas, Tú Conquistas



    SNJ - A Sigla


8 comentários:

  1. legal ey mano pa quen não tem ai o som dos cars q infeleismente vei a acabar o grupo ta ay uma otima opção pra eternizqa em sua coleção de rap nacional o som do snj
    eu q tive a oportunidade de ver eles ao vivo de camarote nun desses shows de rap aki na zona sul de sp fiko triste por ver o fim do grupo maz feliz en saber q alguns deles vão continuar ai na ativa sumemu.....
    parabens leo fiko massa como dizen vc's ai da bahia hehhe

    ResponderExcluir
  2. que pena manos o grupo chega ão fim a sim mais pelomenos eles era respeitados no cenário do rap nacional. Pena que a cabou parabens leó e paulo
    fmz.

    ResponderExcluir
  3. Pode crer, nego!!!

    O SNJ deu a sua importante parcela de contribuição para o crescimento e fortalecimento do Rap Nacional, com músicas de propostas positivas e membros carismaticos, logo conquistaram fãns e adeptos pelo Brasil inteiro. Se não estou enganado, o grupo tocou aqui em Salvador umas duas ou três vezes, sendo que a primeira vez foi na festa de lançamento do CD "Genocídio" do grupo Elemento X, em outubro de 2000... vichiii, já faz mó cara né não!?

    Fica aqui o nosso registro e o nosso respeito ao SNJ, pois como dis o titulo do 3º disco do grupo "O Show Deve Continuar(2003)".

    Rap é o som, Hip Hop não para!!!

    Paz à todos/as!!!



    Paulo Brazil/STN!!!
    Apreciador da Cultura Hip Hop.

    ResponderExcluir
  4. olá! wjay tdb com vcs sou sua fã de carteirinha!!
    o show tem que continuar!que deus abençoe vc e sua familia! vc é e sempre será um grande amigo adoramos vc tá ok!! bjkasssssss

    ResponderExcluir
  5. puts konheci o rap eskutando esses karas e agora isso ba ...

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. num acabou não ta de volta mas mo sem graça sem o bastardo o e tremolo

    ResponderExcluir
  8. q pena mano eu curto eles mais tudo q é bom acaba mais ae esses q esta começando agr nao chega nem no dedinho dos caras das antigas

    ResponderExcluir